[Semana Inevitável] Trechinho do dia


Oi, gente!

Tic Tac! Tic Tac!

Está chegando! Vem conferir o que vem por aí.!
Sinta o gostinho de coisa boa <3

"— (...) Você é sempre tão... séria.
— Isso é porque você conheceu, durante as últimas semanas, a doutora Débora, que aprendeu a ter ética profissional e, modéstia à parte, é muito boa no que faz. Essa Débora que você está vendo, agora, é apenas uma pessoa normal, que adora dar risada e falar amenidades, não precisa beber para ficar alegre e que, apesar de ainda sentir que é um tanto estranho sair com um ex-paciente que, aliás, é irmão da chefe dela, acha que ele pode ser um cara legal capaz de fazer esse encontro, finalmente, parecer uma boa ideia.
A expressão suave que ela mantém ao terminar de falar me faz piscar algumas vezes quando ouço o diabinho no meu ombro esquerdo murchar, enquanto o anjinho dá socos vitoriosos no ar.
Sei que quis beijá-la desde o primeiro instante, mas acho que nunca cheguei tão perto de ligar o foda-se e agarrá-la de uma vez, sem pensar nas consequências. Apenas saboreá-la, senti-la, me entregar a essa atração quase insuportável que sinto por ela.
Quando dou por mim, estou sorrindo. Sorrindo larga e sinceramente, sem conseguir tirar meus olhos dos dela, que brilham de expectativa em minha direção. Os meus não devem estar diferentes. Cada palavra que sai de sua boca é como uma flecha de choque, surpresa e tesão em mim, e essas reações estão ficando cada vez mais intensas. Penso no plano; penso no meu objetivo inicial, penso que isso vai desandar a merda toda, mas, porra... está ficando cada vez menos significante. Ainda me atormenta e insiste em algum lugar, mas está cada vez mais distante.
Não sei dizer se isso é algo bom ou ruim."

E, ai? Friozinho na barriga? Está chegando.

Beijos e um queijo mineiro!

Até a próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário