[Resenha] O Tipo Certo de Amor - Sophia Muller - Editora Nix

Mia sempre sonhou em encontrar seu príncipe encantado. Abandonada quando criança, foi recolhida pelo conselho tutelar e colocada em um lar adotivo, onde conheceu Andre, que seria mais que seu amigo, um irmão. O tempo passou e, conforme iam crescendo, Andre e Mia tomaram rumos inesperados, mas, nunca perderam o contato.
A distância é abandonada quando Mia precisa ficar longe de seu presente, aonde a personificação de seu príncipe, tornou-se seu próprio pesadelo, destruindo de vez, seu sonho bobo de encontrar o amor de sua vida.
O que eles não esperavam, é que a aproximação deles trouxessem sentimento tão conflitantes, que consideraram um dia irmãos e agora, possuem um relacionamento que nem eles sabem explicar.
Dentre idas e vindas de amor, eles acabam descobrindo, que às vezes, seu tipo certo de amor, poderia ter estado sempre ao seu lado.
                                                                        Skoob 💗 Amazon

    

Oi, gente!

Olha eu novamente com os meus queridinhos e maravilhosos romances. Hoje eu trouxe uma autora que eu não conhecia, mas eu A-M-E-I ter contato com a escrita dela, é uma fofa, um amor. Escreve com muita delicadeza. Particularmente, eu amei O Tipo Certo do Amor, um conto de fadas.

Mia é uma verdadeira sonhadora, anseia por seu príncipe e viver seu próprio Feliz Para Sempre. E ela seguia nessa procura até encontrar o Eduardo, um cara bonito e rico. Não demorou muito para cair de amores por ele, o problema é que as aparências enganam e ele não era nada do que mostrava ser. Em um momento a Mia se via no altar como uma verdadeira rainha, em outro era uma princesa trancafiada esperando seu príncipe ir ao seu socorro, mas ninguém iria.

O relacionamento deles se tornou absurdamente abusivo e violento, precisou de uma sequencia de tragédias para a Mia começar a tomar um rumo diferente, e pedir socorro ao seu amigo de infância, André.

O que eu não contei para vocês é que a Mia é órfã, viveu em um orfanato junto com ele, mas ela acabou sendo adotada e ele saiu somente aos dezoito. André se tornou um homem, advogado respeitado e bem mulherengo, porém jamais esqueceu sua querida amiga de infância.

E depois de todos esses anos, agora ela se encontra morando na sua casa e precisa da sua ajuda, ele só não imaginava que esse fato ia despertar sentimentos jamais sentidos.

Como eu disse, o livro é um conto de fadas. O André é um personagem maravilhoso e me apaixonei muito por ele. A Mia também me conquistou. A autora aborda temas muito fortes com sutileza, como: relacionamento abusivo, agressão e adoção.

É muito lindo e a capa tem tudo a ver. Super indico para as românticas incorrigíveis como eu.

Espero que tenham gostado!

Beijos e um queijo mineiro!

Até a Próxima!


Nenhum comentário:

Postar um comentário