[Resenha] Eu sou a amante do meu marido - Livro Um - Sara Ester

Algumas vezes a vida nos obriga a tomar atitudes drásticas, e o que é errado pode ser a única opção. Marie Cooper se vê em uma situação cuja única alternativa é o inusitado, pois não existem limites para a audácia de uma mulher cheia de desejos reprimidos. Casada com Andrew Cooper somente no papel, Marie almeja descobrir os desejos da carne. Ela quer conhecer o seu marido completamente, e pela primeira vez em sua vida cometerá uma loucura para conquistar aquilo que quer. Como? Se tornando a sua amante! Quais serão os segredos desvendados nessa reviravolta?
                         Skoob // Amazon










Oi, gente!

Se eu já não falei aqui antes, vou falar agora: Eu adoro livros que tem casamento como foco no enredo. A construção da vida a dois sempre me chamou atenção, e essa foi a característica que me atraiu nesse livro. E me deu a oportunidade de, também, ter contato com a escrita da autora e sua narrativa.

Marie foi criada com todas as regalias que uma jovem moça poderia receber. Como qualquer garota romântica ela sonhava em viver um grande amor. É quando o destino coloca Andrew Cooper no seu caminho e sem ao menos esperar, se encontra apaixonada e envolvida em um enlace matrimonial.

Na sua ingenuidade, ela acreditava viver um conto de fadas, porém o encanto se quebrou. O seu dedicado noivo, Andrew, não se mostrou tão dedicado assim após assinar o contrato matrimonial. Tratada com indiferença e frieza, ela decide dar uma reviravolta e conquistar o seu marido.

Com ajuda dos seus aliados, Emillly e James, ela acaba se tornando sócia de um clube noturno que seu marido é frequentador assíduo. O clube é secreto e os seus frequentadores usam mascaras para ocultar sua identidade, Marie usa isso a seu favor.


A protagonista se vê envolta de mentiras, segredos e descobertas, principalmente de si mesma. Ela se torna amante do seu marido e desconfia que ele guarde um grande segredo.

Como eu tinha dito, sou uma grande fã de enredos que envolvam enlaces matrimonias, e minha empolgação foi tremenda para com esse livro, até porque uma amiga já leu e acompanha as sequencias, e sinceramente esse foi o meu alento, saber que o livro tem continuação.
Fui seduzida pela leitura até a página cem, houve muitos pontos que não concordei e me confundiram. Como o segredo que envolvia a relação deles, o envolvimento com pai dela, o fato de ter sido ou não traição, porque apesar de ser ela a mulher que o Andrew se envolveu, ele não sabia que era ela. E o que, para mim, foi o mais impactante, a agressão. Para mim, isso foi um limite ultrapassado, mesmo que seja ficção, o mocinho perdeu todo meu respeito. Um leitor que se entrega, que se envolve com o livro sente o que os protagonistas vivenciam, e por me considerar uma leitora assim, eu me senti tão agredida quanto a Marie.

Eu vou continuar lendo, pois pelo que tenho acompanhado ainda tem mais dois livros, irei ler porque quero saber o desfecho da historia de ambos e espero que o mocinho consiga se redimir, mas primeiro tem que sofrer muito, sofrer nível novela mexicana.

Quem já leu, por favor, deixe sua opinião aqui nos comentários.

Espero voltar com mais do desfecho dessa historia.

Beijos e um queijo mineiro.


4 comentários:

  1. Uau, e eu pensando que só ia ser ela tentando reconquistar o marido. Fiquei bem curiosa, e quando rola agressão o mocinho sempre perde muitos e muitos pontos comigo, pois lemos e nos colocamos no lugar da protagonista.
    Sua resenha foi Mara, vai pra lista, eu nem li e já quero saber o desfecho da história kkkkk
    Beijos !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, se voce quiser se aventurar, vai fundo! Depois me conta! Beijos

      Excluir
  2. Seu blog é lindo, parabens.

    Beijos Ariane
    Seguindo o blog se puder retribuir Blog LivrosdaNane

    ResponderExcluir