[Resenha] Redenção de Um Cafajeste - Trilogia Redenção, Vol. 1 - Nana Pauvolih - Editora Rocco

Pioneira da autopublicação no segmento erótico nacional, com mais de um milhão de visualizações de suas histórias na plataforma online Wattpadd e sucessivos primeiros lugares na lista dos e-books mais vendidos da Amazon, Nana Pauvolih estreia na Rocco com a trilogia Redenção, um de seus maiores sucessos. Lançamento da coleção Violeta, do selo Fábrica231, Redenção de um cafajeste, o primeiro volume da série, conta a história de uma garota simples, que sonha terminar a faculdade e ser professora, e se envolve com um empresário sem escrúpulos. Uma história que mistura doses certeiras de paixão, romantismo e erotismo, tendo o Rio de Janeiro como cenário.
Em Redenção de Um Cafajeste, a autora narra a história de uma garota simples, que sonha terminar a faculdade e ser professora, e que conhece um empresário, dono de uma das revistas masculinas mais escandalosas do país. Uma história que mistura doses certeiras de paixão, romantismo e erotismo, tendo o Rio de Janeiro como cenário.

Redenção de Um Cafajeste // Trilogia Redenção //  Romance Adulto(+18) // Editora Rocco, Selo Fábrica 231 //  560 páginas // Ano 2015 // Skoob //  Compare e compre


Oi, gente!

ALERTA! ALERTA! Não se de o trabalho de segurar seu forninho, porque ele vai cair. Não tem escapatória, minha gente. Que isso, hein pae? Se você levanta a bandeira do sem censura, pode vim, pode colar que Redenção de um Cafajeste é para você.


Aqui conhecemos o Arthur Moreno, rico, poderoso, lindo e sensual. E quando eu falo lindo e sensual, é lindo e sensual mesmo. Estou sem palavras até agora. Que homem é esse? O Arthur é dono de uma revista masculina, a MACHO, por isso, o nosso garanhão vive cercado de pessoas altamente influentes e frequentador assíduo das badaladas noites carioca, regada de lascívia e luxuria. Ele é extremamente arrogante, muito mesmo, na verdade o protagonista se considera um rei.

Maiana, é jovem, cursa História na UFRJ e sonha em ser professora. Dona de uma beleza singular, simples, humilde e romântica. Vivia sua vida pacata até o destino cruzar seu caminho com uma tempestade chamada Arthur.


Quando o Arthur descobre que ela é virgem, transforma a nossa mocinha em um alvo. Acostumado ter todas as mulheres que sempre quis, despojadas aos seus pés, a resistência de Maiana chama sua atenção. Está bem, ok, até aqui não te contei nada de novo.    

O Arthur é um cara bem intenso, muito intenso mesmo, isso somado o fato de a autora é extremamente detalhista resulta em um mocinho que faz o viveiro de borboletas no seu estomago entrar em rebelião. Ele está fascinado pela protagonista, porém não aceita muito bem isso, porque sua avó, a que o criou, ensinou-o que em todas as mulheres são interesseiras e só querem o seu dinheiro. 

A Maiana, apesar de ter sido instruída para isso, prova para ele que não é bem assim, a sua doçura e inocência o encantam.Só que ele não sabe lidar muito bem com isso, o ciúme, a possessão, a desconfiança, fazem o protagonista fazer muita burrada, mas muita burrada mesmo. Prepare-se para odiá-lo, o Arthur chega a ser cruel, entretanto, quando a bomba explodi e a mocinha descobri, minha gente, não é ela que passa por cima, é ele que passa por baixo, se arrastando, rastejando. Fico até com dó. Não me julguem, meu coração é vagabundo.


Nana tem um dom incrível, nos envolve, nos fascina e agita o salão, com certeza. Os personagens secundários são ativos e muito legais. O enredo é maravilhoso e polemico. Confesso, é um romance clichê. Tem o cafajeste, a mocinha virgem, ele pisa na bola, e tudo mais. Mas, a escrita da autora faz toda, TODA, a diferença.

A leitura foi rápida, principalmente para mim que sou apaixonada por romances tórridos, então não larguei até ter terminado. Redenção de Um Cafajeste é o primeiro livro da trilogia Redenção e estou ansiosa para ler o segundo volume que será sobre o amigo do Arthur, o Mateus, que é outro lindo e maravilhoso.

Saiba mais sobre a trilogia:



Espero que gostem e não se esqueçam dos comentários.

Beijos e um queijo! Até a próxima! 



Nenhum comentário:

Postar um comentário