[Resenha] Jogada do Amor - Ali Graciotte - Editora Nix

Samira é uma mulher experiente e dona de si, com um passado turbulento o que a fez se fechar para o amor, dedicando seu tempo ao trabalho se tornou apresentadora e comentarista esportiva famosa na TV.
Hugo Lima, jogador de futebol eleito melhor do mundo, homem decidido, famoso pelas suas conquistas dentro e fora de campo.
Quando o destino de ambos se cruzam numa intensa e explosiva paixão, repleta de recomeços e dúvidas, descobrirão que a maior jogada da vida deles, é o amor quem joga.




Jogada do Amor // Ali Graciotte // Romance // Editora Nix //    240 páginas //  Ano 2016 // Skoob // Amazon // Cortesia da autora



Oi, gente!

Quando eu peguei o livro para ler, já nas primeiras linhas me senti ansiosa e tensa, minha expectativa em relação a ele, era muito grande, por esta razão, a minha decisão foi deixar de lado e partir para outro, aliviar a ansiedade e pegá-lo de volta com a mente e o coração mais leve. Sempre gostei de sentir o livro e ler por ler, não rola para mim.  

Retornei a leitura e a primeira reimpressão que tive foi: Pronto, acabou. Esse prólogo já me resgatou. Eu imaginei uma historia totalmente diferente, bem dramática e pesada, e o que encontrei foi uma trama leve, rápida, engraçada, e claro, um tico de drama, por que não pode faltar, não é?

Samira Fontes, recentemente se livrou de um relacionamento conturbado e abusivo com o Diogo, seu ex-marido. Agora ela morando com sua melhor amiga Miranda, dedica-se a crescer profissionalmente como jornalista esportiva, sua paixão, e deixar suas dores e fraquezas escondidas. No auge da sua carreira ela é convidada para apresentar o prêmio para o melhor jogador do mundo. E, foi ai que o nosso mocinho entrou em cena, pois ele é nada mais e nada menos que o melhor do mundo. Hugo Lima, não perdeu tempo, foi logo marcando a protagonista, deixando claro o seu interesse.

 [...] — Não precisa dormir, Sam, na verdade será a última coisa que iremos fazer, enquanto estivermos na minha cama[...]

E é assim que o romance segue, Hugo marca, Samira dribla. E é até engraçado a interação de ambos. Mas, não pense que o craque não suou para fazer o gol, porque ele quase desidratou, a mulher era difícil. Gol feito, muitas comemorações, estava tranquilo, mas nada favorável. O casal tinha inimigos.
Com o decorrer da trama percebemos a resistência da Samira ceder, mas também não tem como não ceder ao Hugo, minha gente, ele é um amor — eu estou completamente apaixonada por ele —, um doce, um homem forte, persistente, paciente. Meu Deus, que homem, que pessoa. Com certeza, ele entrará para minha lista de mocinhos favoritos.

[...] Sim, você é. Na verdade, é bem mais que isso, é o jogo da minha vida [...]

Em contrapartida, a mocinha não me conquistou, não irei dizer que não gosto dela porque no final do segundo tempo, ela finalmente recebeu um clique, mas no momento de crise do casal, eu acredito que o posicionamento dela poderia ter sido diferente. Para mim ela se vitimou demais, por isso acabou não rolando uma identificação. Você que leu o livro pode estar querendo gritar comigo: ELEN, VOCÊ ESTÁ LOUCA? E TUDO QUE ELA PASSOU, NÃO CONTA? . Sim, conta sim e muito, isso me faz aceitar a posição que ela tomou, porém não quer dizer que vou concordar.


Dentre os personagens secundários, os que mais se destacaram durante a minha leitura foram a Ale, colega de emissora da Samira, a Miranda e o Cristiano, amigo e empresário do Hugo. Shippei muito, mas muito, mas muito mesmo a Ale e o Cris, e espero muito que tenha livro deles. Será que essa autora pode fazer o coração dessa humilde leitora feliz?




Jogada do Amor aborda temas importantes como violência doméstica, drogas e superação. Ah, e sem esquecer o amor, né? Que é o principal (muito love). Apesar de ter cenas de sexo, tudo é feito na medida sem erotizar muito. Deixando o casal bem leve e descontraído. Com certeza a Ali Graciotte bateu um bolão com uma escrita fácil, enredo bem construído e encaixado, deixando a sua mensagem para o leitor. A leitura me agradou bastante, com certeza, seria um livro para ser relido, por isso, indico para todas as apaixonadas por romances.


Espero que tenham gostado e não deixem de comentar, você que leu ou que não leu. Quero muito saber a opinião de vocês.

Beijos e um queijo mineiro.

Até a próxima! 
       

19 comentários:

  1. Ahhh que emoção! Obrigada Elen sua linda! ♥♥♥

    ResponderExcluir
  2. Olá
    adorei sua resenha, e os gifs é claro. Eu não conhecia a obra, mas já fiquei interessada por se tratar de uma leitura leve, entre outros elementos que você citou. A premissa realmente chamou o meu interesse. Dica anotada!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Oi Elen!
    Não conhecia o livro ainda e apesar de achar a premissa um pouco batida e sem muitas novidades fiquei curiosa pra saber mais da trama, já que você gostou tanto. Me pareceu um romance fácil e agradável de ler.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ótima resenha... Já fiquei mega curiosa para ler o livro inteiro rs
    Beijos :*

    www.faniaquinoblog.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Elen,
    Parabéns pela resenha. Eu também tento aliviar a ansiedade quando pego um livro para ler, mas nem sempre dá certo.
    Gostei muito de saber que a história não tem todo aquele drama, mas achei bem ruim você não ter gostado da mocinha. Livros com uma pegada mais erótica não me atraem muito, mas estou tentada a ler essa obra.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Elen,
    Você me deixou na vontade de ler esse livro. Eu li Vai sonhando!, que traz um jogador de futebol como protagonista e adorei. Queri ler novamente um livro com esse tipo de personagem e por sua resenha descobrir esse livro.
    Gostei de saber também que o enredo vai além do romance e aborda outros temas mais densos e que mesmo assim a escrita foi fácil e bem encaixada.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Hugo é maravilhoso, mas está se aposentando então não tem muito dele em campo. Mas ainda assim o universo é esportivo.

      Excluir
  7. Oi Flor.
    Não conhecia esse livro, mas achei as temáticas bem interessantes e as suas impressões despertaram minha curiosidade. Violência doméstica é algo sério e deve ser debatido.Pena que você não gostou da mocinha, mas pelo que percebi isso não arruinou a leitura.
    Anotei a dica e espero ter oportunidade de ler.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Mas gente, estou rindo horrores aqui kkkk
    "E é assim que o romance segue, Hugo marca, Samira dribla... Mas, não pense que o craque não suou para fazer o gol, porque ele quase desidratado, a mulher era difícil. Gol feito, muitas comemorações, estava tranquilo, mas nada favorável."
    Primeiramente gostaria de dizer que sua escrita é perfeita, descontraída e favorável haha
    Sobre o livro, no começo da resenha: Fiquei curiosa... Um pouco mais para frente: Me desanimei... Mas com o desenrolar, não fiquei curiosa, fiquei mega curiosa! Preciso, necessito conhecer esse Hugo. Não sou adepta a romances, nem a nada muito clichê, mas esse livro parece fantástico! Retrata temas que PRECISAM ser retratados, e percebi que é um pouco quente haha Já está na minha listinha, e parabéns pela resenha!

    Beijinhos...
    Desencaixados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk que bom que você gostou. espero que o Hugo lhe conquiste. Beijos

      Excluir
  9. Muito legal e engraçada a forma como você descreve a sua resenha, como se fosse uma partida de futebol mesmo. Eu já cansei de livros assim e entendo como você se sentiu no início, por isso é bom mesmo pegar outro livro para tentar voltar depois. O bom é ter surpresa e realmente gostar da leitura.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Gostei bastante da resenha pelo fato de parecer estar narrando um jogo, bem criativo, fiquei curiosa para ver se no livro também é assim e intrigada pela reação da personagem nos momentos de crise, afinal você fala que ela faz muito drama e mimimi rsrs
    Pretendo ler a obra em breve.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Nossa, a primeira impressão que tive ao olhar a capa coi algo totalmente diferente, mas através da sua resenha você me deixou interessada. Eu pensei que seria um hotzao sabe? Mas pelo jeito parece uma historia bacana de parceria entre os dois, cheia de humor, e ainda com um mocinho maravilhoso? Ai ai.
    Vou colocar esse livro na minha lista. Só não curti as fontes utilizadas na capa do livro e aquela bola ali.
    Gostei de como você pontuou bem os pontos positivos e os que não te agradaram tanto.
    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Já quis ler pelo começo da resenha ''trama leve, rápida, engraçada, e claro, um tico de drama, '' que é o que gosto em livros, mesmo que a capa diga ao contrário. É uma pena que a mocinha e suas decisões não tenham te conquistado, isso atrapalha bastante, e essa fato de tratar de temas importantes chama atenção, parece um excelente romance

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu não conhecia o livro e achei bem interessante o enredo. A forma como você escreveu a resenha parecia está narrando um jogo e isso deu para ver como a história é boa e prende o leitor. Quero.muito conhecer o Hugo e ver se vou me apaixonar por ele também.
    Adorei a sua resenha.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Elen, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro ainda e devo dizer que chamou muito minha atenção, eu particularmente gosto bastante dessas obras mais hots, mas que não tirem o foco do romance principal. O casal parece ser contagiante e fiquei mega curiosa para conhecer mais da obra!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir